quarta-feira, 23 de março de 2016

Como tudo começou

Sou uma rapariga do norte, tenho 28 anos, filha única (morgada, como se diz na minha terra), casada e quero muuuuito aumentar a família.
Desde bem pequenita que decidi que iria ser mãe de três filhos e de preferência cedo, lá para os 22 ou 23 teria o primeiro, uns 4 ou 5 anos depois teria o segundo e mais tarde o terceiro. No mínimo!!! Que bela que é a inocência...
Aos 20 anos encontrei o amor da minha vida e aos 23 (ele com com 25) juntamos os farrapos.
Com 25 anos bem fresquinhos e muito amor à mistura decidimos que não dava para adiar mais essa vontade louca de ter o primeiro bebé.
Uma consulta de ginecologia, ecografia, análises e... "Impecável!", disse a médica. "Está tudo perfeito e a funcionar muito bem. Quando quiser é só começar. Volte quando estiver aí de 5 semanas para acompanharmos a gravidez desde bem cedinho." Que emoção! Ia engravidar do meu primeiro bebé!
Bem... a história não foi bem assim. Mal eu sabia o que teria de enfrentar nos próximos tempos.



4 comentários: